Curiosidades

Quinta - 01/04/2010 às 00:58

A Autobiografia de George Muller

O que pode ser realizado através de um homem comum que usa sua fé e confia em um Deus Todo-Poderoso ?


George Muller descobriu infinitas possibilidades!
Tendo uma vida baseada na fé.

Estes trechos de seu diário permitem que ele mesmo conta-se a história de como aprendeu a depender de Deus para o suprimento de todas as suas necessidades. A jornada deste homem começa numa vida de pecado e rebeldia e vai até sua gloriosa conversão.

George Muller queria depender exclusivamente da ação divina para suprir todas as suas despesas e encargos financeiros. Isto mesmo, nada de ajuda governamental, nada de apelos dramáticos por socorro á sociedade, nada de correntes solidárias ou até de doações humanitárias. Ele queria realmente depender de Deus, fazer verdadeira a palavra que está escrita na Bíblia: "abre bem a tua boca e eu te encherei" e "clama a mim e eu te responderei" foram estes seus  lemas de vida. Isto é, ele chegou a um ponto tal de comunhão com Deus, que tudo de que  tinha falta (dinheiro, comida, roupa, aluguel, para a manutenção dos orfanatos...)  era convicto que a providência divina há seu tempo chegaria  para suprir. A dependência era total a ponto de as necessidades não serem divulgadas a ninguém, muitas vezes tinham só o café da manhã, mas não sabiam o que iriam comer ao meio dia, então se recorria ao único canal de socorro, que era a oração.

George Muller  gastava mais tempo em oração do que os afazeres que seu trabalho e obrigações exigiam, mas isto  foi à chave da sua vitória. Pois entendia que se Deus é o nosso Pai ele sempre vai querer ouvir as nossas petições, “e enquanto Ele não responder eu não paro de orar", dizia. Ele orava incessantemente diante das dificuldades que se apresentavam, mas jamais saiu do seu projeto inicial. Deus vai prover tudo, não posso depender de ninguém, a não ser de Deus.

Aos seus 65 anos de idade e 34 anos após ter inaugurado seu primeiro orfanato, já tinha em sua instituição duas mil crianças em cinco prédios próprios que até hoje estão lá. Era um homem muito meticuloso, logo no inicio de sua obra começou a anotar todos os pedidos que fazia em oração bem como a devida resposta, até a sua morte foram registrados exatamente 5mil orações respondidas. E os últimos 17 anos de sua vida foram dedicados a viagens, tornou-se missionário aos 65 anos e esteve em vários paises como pregador e conforme seus diários relatam conquistou 30 mil almas. Resultado este  só alcançado graças à vida de oração de grande homem de Deus, que vale a pena conhecer e se inspirar.

Título do Livro: A Autobiografia de George Muller

Autor: George Muller

Editora dos clássicos

> Por Amab S. Barros



Comentario Enviado com Sucesso!
Fechar