Artigos

Segunda - 23/03/2009 às 19:52

Jovem, Mantenha-se puro


O texto básico que vamos focalizar aqui é:

 

Eclesiastes 11.9:

“Alegra-te, mancebo, na tua mocidade, e recreie-se o teu coração nos dia da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém que por todas estas cousas te trará Deus a juízo.”

 

Este texto nos fala, que Deus não proíbe as alegrias e prazeres, enquanto estes não contradizem seus mandamentos ou, impedem-nos de servi-lo e ao nosso próximo.

A juventude nunca deve se esquecer que um dia devemos prestar contas. Tudo o que fazemos devemos perguntar ao Senhor primeiro, posso? ; Teu nome será glorificado em minha vida? ; Vou edificar a minha vida e a do meu próximo? ; 

Em primeiro lugar esta alegria que a Palavra de Deus se refere é a alegria espiritual, isto é, a verdadeira, duradoura e eterna alegria, e não aquela terrena que é a dos ímpios, conforme Jó 20.5 que diz:

“O júbilo dos ímpios é breve, e alegria dos hipócritas apenas dum momento?” 

Esta alegria carnal como vimos é breve, passageira e traz como conseqüência doenças, tais como, enxaqueca, depressão e etc, tudo proveniente do pecado. 

Jovem, mantenha puro o seu caminho...         como?

A Palavra de Deus nos adverte a buscarmos as coisas do alto, que não se vêem mas, que são eternas, e não as que se vêem, que são passageiras. Portanto jovem, busque com todo o vigor, com toda a força, coragem e energia o poder de Deus, e o seu amor.                      

Serão assim instrumentos valiosos nas mãos de Deus, e receberão a recompensa aqui e no céu. Deus tem planos excelentes para aqueles que o buscam em primeiro lugar, e dedicam à Ele suas vidas.                                      Em segundo lugar, focalizamos a Santificação, sem a qual ninguém verá a Deus.

 

Em Filipenses 1.10-11 temos:

“Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até o dia de Cristo”;

“Cheio de frutos de justiça que são por Jesus Cristo, para a Glória e Louvor de Deus”.

Aqui, o fruto da justiça, são as qualidades oriundas da presença do Espírito Santo na vida do crente, sendo útil ao Senhor conforme Galatas 5.22.

Em terceiro lugar, jovem mantenha-se puro, evitando o jugo desigual.

 

Em 2Coríntios 6.14-17  temos:

“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?”

“E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?”

“E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo de Deus vivente, como Deus disse: neles habitarei e entre eles andarei: e Eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.”

“Pelo que sai do meio deles, e apartai-vos diz o Senhor e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei.”

         Nos versos 14 a 16 temos várias perguntas, que exige resposta negativa: NÃO...

Não deve haver, querido jovem, nenhuma ligação permanente entre o crente e o mundo, controlado pelo diabo, que o comprometa na luta contra Deus.

Na dinâmica da vida cristã, qualquer ligação com incrédulos que tende a diminuir o amor, ou mudar a direção da peregrinação para Deus, é um jugo desigual; portanto saia disso jovem.

         Finalmente, em quarto lugar, focalizamos o justo versus ímpio, pois segundo o Salmos 1.1,6:

“Bem - aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.”

“Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá.”

Aqui o positivo é seu deleite que não está nos prazeres do mundo, mas sim na Palavra de Deus, no seu Poder e em cumpri-la.

O negativo é o caminho do pecado, sempre piorando, andando, assentando, na roda dos escarnecedores, isto é, praticando o mal.

O resultado da vida do justo é vida, como de uma árvore com estabilidade, firmemente plantada e produtiva, sendo próspera em todos os atos de sua vida, que constrata com o ímpio, que será punido eternamente.

Portanto, querido jovem, cuidado com amizades com o ímpio, na faculdade, trabalho, vizinhança e etc, elas poderão trazer prejuízos irreparáveis para sua vida espiritual. Necessário se faz relacionar com o ímpio para falar do amor de Deus, da tão grande Salvação, mas, nunca compartilhe da sua vida de perdição, pois são dois caminhos opostos, céu ou inferno.

É preciso decidir seu caminho e perseverar nele até o fim para alcançar o céu. Sempre diga não ao pecado e sim ao Senhor, e se revista da graça de Deus e do Espírito Santo em sua vida e viva feliz obedecendo a Cristo. Deus tem grandes projetos na sua vida e quer que você seja ricamente abençoado. Não te deixes seduzir por pecadores, conforme Provérbios 1.10,15,16:

“Filho meu, se os pecadores com blandícias te quiserem tentar, não consintas.”

“Filho meu, não te ponhas a caminho com Eles: desvia o teu pé das suas veredas.”

“Porque os pés deles correm para o mal e se apressam a derramar sangue.”

 

Seja feliz com Cristo em sua vida!

> Célia Marçal



Comentario Enviado com Sucesso!
Fechar