Notícias

Sábado - 19/02/2011 às 14:08

Formandos de direito e pedagogia agradecem a Deus

Aconteceu um culto de ação de graças dos formandos dos cursos de direito e pedagogia


   Foi realizado um culto de ação de graças dos formandos do curso de direito e pedagogia, dia 15/02, na igreja evangélica Assembléia de Deus – templo sede, em Uberaba, MG. Um culto abençoado dirigido pelo pastor Eliel Goulart. O evengalista Cleber Renato saudou a todos presentes com a citação do livro dos Salmos capítulo 100.

Todos louvaram ao Senhor com hinos da harpa cristã, bem como a também formanda em pedagogia, irmã Ângela de Oliveira adorou ao Senhor com louvor “Sabor de Mel” da cantora Damares.

Algumas homenagens foram feitas. Do curso de direito, a formanda Edna Catarina pronunciou declarações sobre boas recordações do decorrer do curso, saudações e felicitações de momentos vividos entre colegas de turma e mestres. A pedagoga Fernanda Oliveira homenageou aos pais com grande amor e carinho. A irmã Ângela Oliveira homenageou os mestres.

O pastor Eurípedes Félix ministrou a palavra do Senhor Jesus, com grande sabedoria. Mostrou a todos que a porta do sucesso quem abre é Deus. Quando a pessoa se forma geralmente surge à indagação: “Me formei e agora?”. Pastor Félix citou como resposta o Salmo 128; 127 – 1 e 2; 111 – 10, colossences 2 e 3. Para alcançar os objetivos almejados a confiança em Deus é imprescindível. Fama, muito dinheiro, status na sociedade não traz a felicidade; não adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma. Só Jesus detêm a chave do sucesso pessoal e material.

Muitas pessoas, não evangélicas e de outras denominações, compareceram ao evento para congratular junto aos amigos e parentes formandos. Umbelina Alice da Silva Teobaldo, da igreja Deus é amor, disse: “Gostei muito do culto, senti a presença de Deus, a palavra foi linda, se as pessoas presentes guardarem o que ouviram hoje, serão abençoadas!”. Paulo César, da segunda igreja presbiteriana disse que não adianta seguir a profissão se não tiver Jesus no coração, achou a palavra ministrada no culto muito oportuna para o momento. Ana Carolina Q. S. Silva declarou que embora não seja evangélica achou o culto lindo.

> Por Alessandra Leal Martins



Comentario Enviado com Sucesso!
Fechar