Dicas

Quarta - 01/06/2011 às 20:00

Plantas e Seus Riscos

Elas Nem Sempre Demonstram Riscos Devido As Sua Beleza




Algumas plantas, além de serem belas e atraentes, têm mais uma característica: são venenosas. É que suas folhas, caules ou frutos apresentam substâncias tóxicas. Se ingeridas por crianças ou animais, ou em contato com a pele e olhos, podem causar lesões e até envenenamento. Por isso, é importante saber reconhecê-las, pois mesmo que você não as cultive em casa, podem ser encontradas também em parques e áreas públicas.

Devemos fazer uma prevenção de segurança em relação a isso seguindo algumas regras básicas:
-não comer plantas sem saber a procedência .
-conservar plantas, sementes etc ,, longe do alcance de crianças .
-ensinar a criança a não colocar nenhuma planta e objeto na boca .
-identificar a planta antes de comer seus frutos .
-o aquecimento ou cozimento, nem sempre destroem a substancias toxicas .
-não tomar nenhum remédio caseiro sem antes consultar um médico.
-evitar aspirar a substancias de plantas que estão sendo queimadas.
-não existem regras para a pratica seguras para se distinguir plantas comestíveis das venenosas .

Mamona (Ricinus comunis): A variedade de folhas avermelhadas deste arbusto é encontrada facilmente em parques e jardins. Suas sementes apresentam uma substância - a toxalbumina - que provoca distúrbios gastrintestinais.

Pinhão-paraquaio ou purqueira (Jatropha curcas): É muito usado como cerca viva. Os frutos verdes lembram uma ameixa e liberam sementes que têm a mesma substância da mamona.

Espirradeira (Nerium oleander): Pode atingir até 6 m de altura. Quando podada, no entanto, é usada para ornamentar interiores. Caracteriza-se por suas folhas alongadas e grande quantidade de flores rosadas e brancas, extremamente venenosas.

Saia-branca (Datura suaveolens): Produz flores brancas pendentes, grandes e perfumadas. 0 fruto, quando seco, se abre, mostrando muitas sementes. Se ingeridas; podem provocar desde problemas gastrintestinais até delírio e dificuldade de deglutição.

Coroa-de-cristo (Euphorbia splendens): Usada comumente em cercas vivas ou bordaduras de canteiros, é espinhosa e tem flores vermelhas, rosas ou amarelas. Seu látex tóxico provoca irritação na pele e olhos.

Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia e D. seguine): É conhecida popularmente como remédio infalível para espantar os maus fluidos da casa. A mastigação de suas folhas, porém, provoca inchaço nos lábios e boca, podendo também causar asfixia.

Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima): Arbusto de jardim, que apresenta uma variedade anã, cultivada em interiores. Algumas folhas têm coloração avermelhada, rosa ou amarelada. Produz uma seiva leitosa responsável por queimaduras e irritação na pele e olhos.
Mandioca-Brava, :( mandioca, maniva,) Partes tóxicas: raiz e folhas, a ingestão pode causar cansaço, falta de ar, fraqueza, taquicardia, taquipnéia, acidose metabólica, agitação, confusão mental, convulsão, coma e óbito
ÁH!!  não esquecendo dessa !!queimaduras causadas pela aplicação de um bronzeador caseiro, produzido à base de folha de figo, associada à exposição a radiação ultravioleta, causam queimaduras gravíssimas , e levam até a morte.

Fique atento a isso !! Deus ama você e sua família .

Fonte=Revista/Casa/Claudia,ministério/da/saúde/portalterra

> Por Erick Alves



Comentario Enviado com Sucesso!
Fechar